Como vender meu artesanato online? Confira algumas dicas para ter sucesso em suas vendas.

Quando surgiu, o comércio de vendas online parecia não ser um grande competidor do tradicional comércio de rua que todo mundo conhece desde os primórdios da sociedade. O que poderia não parecer vingar, vingou e hoje em dia o perfil do consumidor mudou. Com o acesso à internet cada vez mais democrático, mais pessoas usufruem da rede e, consequentemente, mais pessoas tornam-se clientes online.

O ramo de artesanatos, que a principio parecia que iria ficar de fora disto, está mergulhando cada vez mais neste novo universo. E se você neste momento tem a seguinte pergunta pairando sobre a cabeça: – afinal, como vender meu artesanato? Saiba que a internet é um meio e tanto para você alavancar suas vendas. Neste artigo organizamos algumas algumas dicas sobre plataformas online que poderão lhe ajudar nisto, confira logo abaixo.

Vendendo artesanato pela internet

Hoje em dia é possível encontrar um número considerável de plataformas em que é dada a possibilidade de oferecer os seus produtos online através delas. Abaixo listamos algumas das principais existentes e a forma como você poderá fazer uso delas.

Elo 7

Atualmente, o Elo 7 é o maior site brasileiro voltado ao comércio de artesanato online, e o que é interessante deste é justamente isto: ele é voltado, exclusivamente, para este tipo de comércio. Tendo como foco a venda de produtos criados manualmente, o site acaba atraindo, obviamente, muitos clientes interessados neste tipo de produto, o que aumenta ainda mais as suas chances de venda.

Para começar a oferecer os seus produtos no Elo 7 é muito simples: basta se cadastrar no site, criar a sua lojinha online, onde você disponibilizará fotos e maiores descrições de seus artigos, e pronto: agora é só divulgar!

Lembrando que o Elo 7 dá total autonomia aos seus vendedores, tendo como preocupação apenas a questão das transações financeiras, as quais poderão ser efetuadas através de cartão de créditos, débito e boletos bancários.


Facebook

Tendo em vista que o Elo 7 é um canal mais que necessário para você, artesão, abrir a sua lojinha online e ter sucesso nas suas vendas, após ter feito o seu cadastro no mesmo e ter, enfim, criado a sua lojinha, o próximo passo será a divulgação de seus produtos, certo? Para começar, que tal criar uma página pelo Facebook para divulgar ainda mais a sua lojinha no Elo 7? Desta forma você poderá receber ainda mais visitas e alavancar muito as suas vendas, e com o tempo, conforme ganha-se a confiança dos clientes, poderá até realizar as vendas pelo Facebook também.

Instagram

E como a ‘propaganda é a alma do negócio’, que tal criar uma conta para divulgação de seus produtos no Instagram? As pessoas estão conectadas no aplicativo diariamente, logo as chances de seus produtos serem vistos, compartilhados, curtidos, desejados, serão ainda maiores. Invista em fotos de qualidade, com boa resolução e bastante criatividade, desta forma você valorizará a sua arte e, ainda por cima, atrairá mais olhares.

Mercado Livre

O Mercado Livre possui um total de 95 milhões de usuários cadastrados, sendo utilizado em 13 países diferentes, dito isto não será preciso salientar que o site recebe inúmeras visitantes diariamente, certo? Você com certeza já viu algum anúncio do site pela internet, e ele está, certamente, muito presente na vida de todos que costumam navegar por este universo.

Anunciar os seus produtos online no Mercado Livre é muito simples: basta criar uma conta e publicar os seus produtos.

Como receber os pagamentos?

Existem dois serviços extremamente interessantes para você receber os seus pagamentos pela internet:

PagSeguro – Você se cadastra no pagseguro e pode receber pagamentos por cartão de crédito, boleto bancário e transferência online. Eles cobram um percentual da compra que varia de acordo com o método de pagamento. Não precisa ter empresa para utilizar esse serviço, você pode receber os seus pagamentos diretamente na sua conta bancária.

Existe um intervalo de 14 dias entre a data da compra e a data em que o dinheiro estará disponível para você. Esse atraso é por motivo de segurança, já que quem compra pode reclamar no site para receber o seu dinheiro de volta.

Bcash – Funciona praticamente da mesma maneira que o PagSeguro.


Como posso criar minha própria loja virtual
Se você está pensando em um meio mais profissional de vender os seus produtos, pode construir a sua própria loja virtual. Atualmente os custos para criar e manter uma loja simples são relativamente baixos, entretanto, tenha em mente que se você quiser algo realmente profissional, é necessário investir um bom dinheiro. Vamos às opções de baixo custo disponíveis para você criar a sua loja virtual:

Uol Host – É um provedor de serviços para a internet pertencente à empresa UOL, uma das maiores empresas nesse segmento no brasil. Pagando um valor fixo mensal você pode criar uma loja virtual completa, prontinha para começar a vender. Eles possuem um acervo de layouts prontos para você colocar a sua loja com a cara que quiser.

Locaweb – Funciona nos mesmos moldes do Uol Host, você se cadastra, paga uma taxa mensal e pode inserir os seus produtos para vender.

DotStore – Sistema bem interessante para ter a sua loja virtual, semelhante aos anteriores porém com um custo maior. Existe uma infinidade de sistemas de loja virtual na internet, faça uma pesquisa no google e veja mais opções.

Iluria – Uma das plataformas mais acessíveis para o artesão vender os seus produtos na internet. O valor de manutenção é extremamente baixo, além de ser um ótimo sistema.

Criar um blog para divulgar os produtos
Após estabelecer o seu meio para vender os seus produtos, você pode criar um blog para divulgar mais detalhes sobre o seu negócio. Você pode escrever sobre como faz os artesanatos, modo da pessoa utilizar os produtos, e informaçÕes em geral. Um blog, para fazer sucesso, deve ter algum conteúdo interessante para quem entra. Nunca faça um blog e coloque apenas propaganda, pois assim ninguém nunca vai visita-lo. Coloque informações que possam agregar algum conhecimento ao leitor e, aproveitando essas informações, divulgue os seus produtos. Em breve também lançaremos um post falando detalhadamente como criar um blog, não deixe de acompanhar.

Você deve entender que a venda pela internet é uma coisa extremamente séria e, antes de colocar qualquer produto à venda, tenha certeza de que vai poder cumprir os prazos de entrega estabelecidos. Outra observação importante é que antes de iniciar qualquer empreendimento, faça um planejamento. Pense nos seus objetivos e quais os meios utilizados para alcança-los. É extremamente recomendável fazer um plano de negócios para definir os detalhes, visite o site do Sebrae e veja mais informações sobre isso.

Atraindo mais clientes

Após montar a sua lojinha online, certamente surgirão outras dúvidas e uma destas poderá ser a seguinte: E agora, como irei aumentar as minhas vendas? Pois, bem, preocupados em lhe ajudar com isto também, separamos algumas breves dicas para você logo abaixo.

Para atrair mais vendas, invista em um bom relacionamento com os seus clientes tanto no pré-venda, como durante e após a mesma. Que tal planejar-se para dar conta de responder a todas possíveis dúvidas que surgirem sobre os seus produtos? E que tal preocupar-se em personalizar cartões para enviar junto com as encomendas? Tratar os clientes de forma carinhosa, com atenção e cuidado, é sempre um ponto positivo para que estes voltem a fazer negócio com você.

E depois que o seu artesanato já for um sucesso na internet, que tal criar um site próprio? Assim você fugirá das taxas de hospedagem de seus produtos nas plataformas e poderá lucrar ainda mais tratando suas vendas diretamente com os clientes. Aproveite estas e outras dicas e sucesso no seu negócio.