Você Sabia? Jeans Velhos transformadas em isolamento térmico para comunidades carentes

Seguindo a tradição do Setor Reciclagem de tirar resíduos da lista de itens não recicláveis, chegou a vez do tecido. A reciclagem de resíduos têxteis existe, apesar de ser pequena no Brasil. O grande uso de restos de tecido ocorre no artesanato.

Reciclagem de tecido
De 2006 a 2014, 600 toneladas de jeans velhos foram transformadas em isolamento térmico para comunidades carentes, em um programa americano de reciclagem




A indústria têxtil pode contaminar os efluentes líquidos, pois os tecidos passam por inúmeros processos de tingimento e tratamento com substâncias antifúngicas, por exemplo. Assim, a reciclagem dos resíduos têxteis é importante para a redução da poluição, uma vez que estes resíduos são frequentemente queimados a céu aberto ou depositados em lixões.

A dificuldade da reciclagem industrial pós-consumo é consequência do estado em que os tecidos se encontram após serem descartados (muito sujos e parcialmente degradados) e também pelo pouco volume concentrado, o que inviabiliza comercialmente a reciclagem.


A reciclagem industrial de tecido é incipiente no Brasil. É possível que fábricas utilizem aparas têxteis de outras empresas, que seriam incorporadas ao processo produtivo (resíduo pré-consumo), evitando que se tornem resíduos, mas esta não é uma prática comum no país. A reciclagem transforma o tecido em matéria-prima para indústrias de tecido não-tecido, colchões, papel moeda, produtos medicinais, automobilísticos, mobiliário e metalurgia.

A reciclagem de resíduos têxteis é complexa. Para que volte a ser fio novamente, esse material deve ser separado por matéria-prima e comprimento de fibra. Uma sugestão para o aproveitamento desses residuos sem muita complexidade, seria na produção de estopas, no qual não é necessário a eliminação dos tingimentos, mas só a fragmentação dos retalhos.

Devido as dificuldades apresentadas, deve-se procurar reutilizar ao máximo todos os panos e restos de tecidos antes de serem descartados. Roupas velhas devem ser doadas ou consertadas. Quando não puder mais ser utilizada como vestimenta, ainda encontra uso como pano de chão e de limpeza bruta.

No ramo da reciclagem artesanal, artesãos confeccionam bonecas de pano, ecobags, colchas, tapetes, roupas, porta documentos, capas de caderno, marcadores de livros e uma infinidade de objetos, se valendo de talento e criatividade. Confira diversas técnicas passo a passo para transformar tecido em peças artesanais.

fonte de referência: www.sbrt.ibict.br


Loading...