Dica que você não sabia: Como descobrir qual o fio do tecido, mesmo sem ourela

A maneira mais fácil de descobrir qual o urdume e qual a trama do seu tecido é observando a ourela, é claro. O urdume sempre corre no mesmo sentido da ourela, não tem erro. Mas acontecem casos em que já cortamos parte do tecido e não sobrou nenhum pedaço da ourela.








Uma pergunta que me fazem com frequência é essa: e agora, como posso descobrir qual o urdume do tecido?

A resposta é: de várias maneiras. Temos que investigar o tecido. Para facilitar esse processo, fiz uma lista, em ordem de prioridade, das características que você pode investigar. Comece pela primeira da lista, e, se ela não tirar a sua dúvida, continue para a segunda, e assim por diante.

1. Estique

O tecido tem uma certa elasticidade natural no sentido da trama. No sentido do urdume, se você puxar o tecido, vai sentir que ele não cede, não estica nem um pouco. Já se puxar no sentido da trama, vai ver que ele estica. Para fazer o teste, puxe o tecido no sentido de um dos fios (não vale puxar no viés). Em seguida, puxe no sentido do fio perpendicular a esse. O que ceder menos é o urdume.

Se o seu tecido têm elastano, o elastano deve estar no sentido da trama.

2. Listras

Se você entende um pouco de tecidos, provavelmente sabe que existem tecidos listrados de dois tipos: os que foram estampados, e os que foram tramados. Este teste só serve para os tramados, ou seja, os que foram feitos com fios coloridos. Para saber se este é o seu caso, confira se as listras aparecem iguais no avesso e direito do tecido. Caso a resposta seja sim, o seu tecido tem listras tramadas.

As listras tramadas ajudam a identificar o fio porque normalmente os tecidos listrados têm as listras na vertical, ou seja, no urdume. Se o seu tecido é tricoline para camisaria, é muito provável que as listras estejam no sentido do urdume.




NOVIDADE: Aprenda de forma
FÁCIL a fazer Modelagem, Corte e Costura!
Clique AQUI

3. Fios fantasia

Outra maneira fácil de investigar o sentido do fio é conferindo os fios fantasia. O fio fantasia é qualquer fio irregular, ou trabalhado, como fios chenille, fios rústicos que têm partes mais grossas que outras, fios metálicos, etc.

Quando o tecido tem esse tipo de fio, normalmente ele vai na trama do tecido, pois não são resistentes ou regulares o suficiente para serem urdume. Os fios de urdume precisam ser lisos e finos para que os fios de trama passem entre eles sem problemas. Precisam ser resistentes pois ficam bem esticados durante a fabricação do tecido.

4. Ondulação

Outra diferença possível entre os fios de urdume e de trama é a ondulação. Se você desfiar um pouco o seu tecido, e tirar um fio de urdume e um de trama, pode ver que os fios são ondulados. É como se tivessem ficado frisados por ficarem tanto tempo naquela posição.


Em alguns tecidos, há uma diferença entre a ondulação dos fios de trama e de urdume. Quando há, geralmente os fios de urdume são menos ondulados que os fios de trama, ou os ondulados são mais espaçados.

5. Resistência

Como vimos no teste anterior, o fio de urdume é mais resistente que a trama. Um dos testes possíveis é tentar arrebentar dois fios de sentidos diferentes e observar qual deles é mais resistente. O que arrebenta mais fácil, normalmente, é a trama.

Você já esteve nesta situação em que precisou descobrir o fio do tecido, mas não tinha ourela?

Fonte e Créditos: renataperito.com

Recomendamos: Quer participar de um Curso de Costura? Veja como Aqui!